Conheça algumas dicas para manter seu pet distraído enquanto ele fica sozinho por alguns períodos.

O enriquecimento ambiental é hoje um tema amplamente discutido entre os tutores, principalmente pela mudança de cenário que os animais vêm sofrendo nos últimos anos, tendo acesso a espaços cada vez mais restritos por conta da verticalização das cidades.

Além disso, a rotina dos tutores acaba influenciando na vida do animal, uma vez que com rotinas puxadas de trabalho, é comum o animal ficar sozinho em casa e só ter contato com seu dono no início e fim do dia.

Então, com todas as dificuldades, como é possível permitir que seu animal não fique entediado? Muitos comportamentos não desejáveis podem surgir devido a um manejo errôneo do ponto de vista do animal. Então, como auxiliá-los a ficarem menos estressados ou entediados?

Uma boa alternativa é optar por táticas de enriquecimento ambiental que possam mantê-los ocupados e ativos mesmo na ausência de seus donos. Aqui vão algumas dicas:

Cães

Ossos de roer

Ossos específicos para cães levam tempo até serem consumidos. Pensando em animais que passam longos períodos sem a presença do dono, esta pode ser uma boa dica. Certifique-se de serem ossos próprios para cães, que não soltem fragmentos capazes de causar lesões ou até um engasgo, podendo levar o animal a óbito.

Oferecer brinquedos novos

A ideia de usar brinquedos é excelente, mas necessita de uma certa estratégia. Não ofereça todos os brinquedos de uma vez. O ideal é oferecer um brinquedo por um certo período e retirá-lo do ambiente no momento que o animal perder o interesse nele. Ao sair de casa pela manhã, tente oferecer um brinquedo novo para manter o animal entretido ao longo do dia, e quando voltar a sua casa, procure interagir junto a ele com outra atividade.

Enriquecimento com alimentos

Existem no mercado alguns brinquedos que têm a capacidade de soltar petiscos conforme o animal brinca com ele. Esta é uma ideia ótima para deixar os animais ocupados por algum tempo, já que em geral alimentos e petiscos são um grande atrativo. Uma opção mais caseira é fazer o próprio brinquedo com uma garrafa pet: tire a etiqueta, faça furos ao longo da garrafa, coloque alguns petiscos dentro e ofereça ao seu animal. Tome cuidado com seu pet caso ele tenha tendência a engolir pedaços pequenos de alguns objetos. Neste caso, a dica da garrafa pet não é indicada, por poder colocar o animal em risco.

Gatos

Prateleiras para gatos

Por conta de seu instinto caçador, gatos gostam de locais altos para escalar e se acomodar. Para proprietários que passam longos períodos fora de casa, a instalação de prateleiras especificas para felinos auxilia o animal a ter entretenimento no ambiente enquanto seu tutor não está presente. Algumas opções dessas prateleiras podem vir com pontes específicas para o lazer dos felinos.

Arranhadores

Além de manter os gatos ocupados, os arranhadores evitam que o bichano opte por arranhar suas unhas nos móveis da casa, como sofás e cadeiras por exemplo. Os arranhadores devem ser componentes essenciais do ambiente dos gatos pois servem tanto como lazer quanto para a marcação de território do animal.

Caixas de papelão

As caixas de papelão servem como tocas para os gatos, que são animais muito curiosos e buscam sempre uma distração diferente. Espalhar algumas caixas de sapatos ou de mercados pela casa ou apartamento pode estimular o animal a se manter entretido.

Para ambos os animais

Picolé de sachê

Para os meses mais quentes do ano, existe a possibilidade de elaborar algumas táticas de enriquecimento utilizando alimentos úmidos, como por exemplo um sachê. Misture com uma colher o conteúdo do sachê com água, coloque em uma forma plástica e leve ao freezer. Quando congelar, ofereça ao seu animal. Ele ficará ocupado se alimentando gradualmente, conforme o alimento for descongelando. Esta dica, além de promover a distração do animal, ajuda-o a se manter hidratado e vale tanto para cães quanto para gatos! Para saber mais, clique aqui.

Interação com o dono

O enriquecimento ambiental é importante para seu pet, mas certifique-se também de se responsabilizar pelo seu gasto de energia nos momentos em que estiverem juntos. É fundamental que essa interação ocorra todos os dias por minutos ou horas, quando seu pet apresenta muita energia e disposição. Então separe um tempo do seu dia para dedicar exclusivamente ao seu pet e reforçar a amizade de vocês.

Brincadeiras e carinhos antes de ir ao trabalho e na hora que voltar para casa são fundamentais para impedir que seu animal se frustre. Isso vale para cães e gatos. Procure utilizar bolas ou demais brinquedos que seu cão gosta. Isso vale também para gatos, que em geral interagem com seus tutores com varetas que possuem penas nas pontas.

Para cães, os passeios são imprescindíveis. Procure fazer uma caminhada leve com seu cão, principalmente antes de deixá-lo sozinho por algum tempo. Ter uma rotina é fundamental para a ambientação dos pets. Procure variar entre as opções de enriquecimento e manter horários fixos para passeios, brincadeiras e alimentação.