Veja algumas orientações sobre como e quando inserir o alimento sólido para seu filhote.

O leite materno é o alimento essencial para um filhote, pois durante a amamentação ele recebe nutrientes necessários para crescer forte e saudável. Até a 3ª e 4ª semana de vida, o leite ainda é suficiente para nutrir um filhote. Porém, após a 5ª ou 6ª semana, ele já não fornece todos os nutrientes necessários para o suprimento nutricional e energético.

Quando deve ser iniciado o desmame?

O período de 21 a 35 dias de vida do animal é a chamada “fase de socialização”. É nela que devemos apresentar o máximo de experiências positivas para os filhotes. Os primeiros dentinhos começam a aparecer e é nesse momento que eles começam a se interessar por água e alimentos sólidos. O desmame, então, deve ser iniciado. Durante esse período é de extrema importância deixar água potável sempre disponível. O ideal é que esteja sempre fresca e que tenha mais de um pote espalhados para facilitar a ingestão de água.

O desmame deve ser feito de forma gradual, para que o filhote se acostume aos poucos com os alimentos sólidos, pois além de haver uma mudança brusca na alimentação, existe a inclusão de nutrientes, que também requer uma adaptação. Por isso, é necessário que o filhote continue a mamar na mãe, porém em menor frequência. No início do desmame, o ideal é fornecer alimentos sólidos em pequenas porções ao dia, em torno de 4 a 6 vezes, e ofertar por no máximo 30 minutos em um recipiente raso, para facilitar a ingestão.

Como devo alimentar o filhote nesse período?

Por crescerem rapidamente, a dieta nessa fase precisa ser adequada, oferecendo alimentos específicos para filhotes, que contenham proteínas em grande quantidade e boa qualidade, com níveis elevados de minerais, vitaminas, fibras, gorduras e ômegas, principalmente o 3-DHA (fonte de ômega 3 que aumenta a capacidade de aprendizagem), para garantir um desenvolvimento saudável.

Antes de ofertar o alimento a seu filhote, sempre leia as instruções contidas na embalagem e a quantidade ideal de alimento a ser oferecida, pois tudo depende do peso e idade do filhote. Fazendo isso, você evitará dar a quantidade errada de alimento, evitando que seu filhote sinta fome ou que acabe ficando com sobrepeso.

O filhote deve ser alimentado em local tranquilo, sem agitação, para que não ingira o alimento rapidamente. Se por acaso tiver outros animais na casa, o ideal é alimentá-los todos ao mesmo tempo, evitando brigas e roubos de alimento.

Para os filhotes se acostumarem com alimentos sólidos, é necessário começar oferecendo produtos que podem ser servidos secos ou ao molho ou alimentos úmidos, como sachês e patês, desde que sejam alimentos completos e balanceados para filhotes.

Alguns produtos no mercado podem ser servidos secos ou ao molho. Essas opções são ideais para filhotes que estão passando pelo período de transição, por facilitar a mastigação. É recomendado acrescentar água em temperatura ambiente a esses alimentos, substituindo o leite, pois a maioria dos cães e gatos se tornam intolerantes à lactose quando crescem, e isso pode causar sérios problemas digestivos como diarreia, vômitos e até mesmo alergias. Os alimentos que possuem essa opção precisam ser ofertados ao filhote até meia hora após a adição de água. Passando-se meia hora, recomenda-se descartar o alimento.

Alimentos úmidos também são indicados nessa fase, já que facilitam a mastigação e fornecem uma nutrição completa. É indicado servir estes alimentos em temperatura ambiente. Caso sejam guardados na geladeira, precisam ser retirados uma hora antes de serem servidos. Podem ser aquecidos no micro-ondas, certificando-se de não aquecer muito, para não queimar o filhote. Após abrir a embalagem é recomendado manter na geladeira e descartar após 24 horas.

Nesse período também é importante tomar cuidado com os petiscos: eles não devem ultrapassar 10% da dieta do filhote, já que estes não são alimentos completos e não apresentam níveis nutricionais adequados.

Quando começar a oferecer ração seca?

Aos poucos, os filhotes vão se acostumando a ingerir alimentos sólidos e a frequência das mamadas diminuem. A mãe também vai deixando de produzir leite, e isso se torna natural. O período ideal para dar a ração seca para o filhote é após o terceiro mês de vida, pois estará com os dentes mais firmes, facilitando a mastigação.

Após ocorrer o desmame completo, é preciso oferecer alimentos destinados a filhotes até os 12 meses de vida para os cães de raças pequenas e médias, e até os 18 meses para raças grandes.

Lembrando sempre que é necessário seguir a recomendação de um médico-veterinário, para assegurar a saúde e longevidade do seu pet.